Ateliê Gaia e o Museu Bispo do Rosário Arte Contemporânea

 

O Museu Bispo do Rosário Arte Contemporânea (mBrac) salvaguarda o legado artístico de Arthur Bispo do Rosário (1909-1989) e a memória da antiga Colônia Juliano Moreira, onde Bispo viveu intermitentemente por 50 anos. O Ateliê Gaia é um dos programas do Museu, voltado para artistas visuais que tiveram na sua biografia a passagem pelo serviço de saúde mental e hoje possuem sua autonomia garantida com o advento da Reforma Psiquiátrica. 

 

Não são rotulados como pacientes psiquiátricos, mas como artistas na melhor acepção da palavra que através, sobretudo, das linguagens pictórica e escultórica, dão vazão à sua criatividade. No programa, a prática artística é estimulada não somente como terapia, mas como aprimoramento profissional e inserção dos seus participantes no mercado formal de artes. 

 

O espaço está situado no Polo Experimental de Convivência, Educação e Cultura, antigo pavilhão manicomial que foi reformulado e hoje é extensão de educação do mBrac. A iniciativa encampa programas como o Programa de Geração de Renda, o Centro de Convivência e a Escola Livre de Artes, que promovem a construção da cidadania e o empoderamento do sujeito.