TALES FREY (BRA) Ampliar

TALES FREY (BRA)

Vídeo/ Video

Il Faut Souffrir pour Être Belle, 2018 

"Sobre as pontas de dois pregos grandes, apoio os meus calcanhares e equilibro-me sobre tais objetos por um pequeno recorte de tempo, aludindo ao uso do salto alto e a relação da moda e do ideal de beleza à dor. Fatalmente, o mito de Aquiles é incorporado não apenas pelo signo dos calcanhares como pontos frágeis do corpo sujeitado à ação, mas pela apresentação de um corpo dito masculino submetido a um procedimento atribuído ao taxado por feminino numa sociedade que ainda renega o que não é binário e heteronormativo e, assim, o corpo assoalhado – que consiste em um par de pernas – é sublinhado como vulnerável por relacionar pelos corporais com a sugestão de um adorno corporal, embora sejam apenas pregos.Para além dos dispositivos do vídeo, do objeto e da fotografia, este trabalho pode ser apresentado como performance ao vivo". (Tales Frey)

"On the tips of two large nails, I support my heels and balance myself on such objects for a short period of time, alluding to the use of high heels and the relationship of fashion and the ideal of beauty to pain. Fatally, the myth of Achilles is incorporated not only by the sign of the heels as weak points of the body subjected to action, but by the presentation of a so-called male body subjected to a procedure attributed to the taxed by female in a society that still denies what is not binary and heteronormative and, thus, the roomy body - which consists of a pair of legs - is underlined as vulnerable because it relates by the body with the suggestion of a body adornment, although they are only nails. can be presented as a live performance ". (Frey Tales)

Mais detalhes

Adicionar à lista de desejo

Artista / Artist Tales Frey
País / Country Brasil / Brazil
Título da Obra / Title of the Work Il Faut Souffrir pour Être Belle,
Data / Date 2018
Linguagem / Mediums Videoperformance
Duração / Duration 2’03’’